Junto ao contrato de manutenção referente aos serviços que prestamos, há uma série de documentos obrigatórios que provam a adequação às normas sanitárias e são úteis em caso de auditorias. São eles:

  • Contrato social e CNPJ da empresa
  • Alvarás de licença emitidos pela secretaria de saúde
  • Licença ambiental emitida pela FEPAM
  • Fichas de Informação de Segurança dos Produtos Químicos (FISPQ)
  • Autorização de USO de Produtos (AUP)
  • ART do responsável técnico
  • Procedimento Operacional Padrão (POP)
  • Certificado de descarte de produtos
  • Guias de INSS e FGTS do colaborador

Etapas do controle de pragas

– Inspeção inicial: primeiramente, antes de iniciar os trabalhos no estabelecimento do cliente, realiza-se uma minuciosa inspeção do ambiente onde serão realizados os serviços, avaliando o grau de infestação do local por determinado vetor.

– Identificação dos vetores: durante a inspeção inicial, verifica-se quais vetores estão presentes

– Monitoramento do ambiente: acompanhamento do comportamento dos vetores identificados

– Controle químico: aplicação dos produtos de acordo necessidade e com o modo de controle dos vetores analisados

 

Relatórios Fotográficos de Não-Conformidades

– Relatórios fotográficos periódicos das não-conformidades, constando sugestões e alternativas de melhorias para serem aplicadas no estabelecimento baseadas na legislação.