Características gerais:

Existem registros fósseis desse grupo de roedores há cerca de 65 milhões de anos. Atualmente existem mais de 3.000 espécies, sendo que destas 500 podem ser encontradas no Brasil. É o maior grupo da classe dos mamíferos. Estão inseridos no Filo Chordata por apresentarem notocorda (tubo nervoso dorsal), Classe Mammalia e Ordem Rodontia. Dentre as muitas espécies existentes três se destacam como pragas urbanas, oferecendo riscos à saúde pública.

Habitat:

São animais cosmopolitas, sendo encontrados praticamente em todos os lugares do mundo, exceto nos pólos. Possuem hábitat específico de acordo com a espécie em questão. Podem ser terrícola ou arbóreos, sendo facilmente encontradas em telhados, forros, árvores, lixões, porões, esgoto e até mesmo dentro das residências bem próximo ao Homem. Todas espécies apresentam hábitos noturnos, saindo à procura de alimentos. Quando vistos durante o dia temos sinal de grande infestação.


Pré Aplicação

Vistoria no ambiente identificando possíveis acessos, trilhas ou tocas de roedores, promovendo agilidade na aplicação de produtos e solução dos problemas com os mesmos.

Pós Aplicação  

Revisão do trabalho realizado, verificando se o problema em questão foi solucionado e remoção dos roedores eliminados. Assim como orientação quanto às medidas necessárias para manutenção da limpeza e organização do local, a fim de evitar a formação de novas colônias.